sábado, 18 de abril de 2015

Da Primavera



As flores são da Primavera ,o céu azul com laivos de nuvens é de quem o consegue ver. o rosa pertence ao verde e o verde pertence ao rosa enquanto a luz os enlouquecer...

quarta-feira, 15 de abril de 2015

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Crónica do meu Jornal



Fui a primeira a parar no sinal vermelho, mecanicamente mudei o canal do rádio e baixei o volume porque já não se pode com as dores de cabeça! Olho para as caras de quem está dentro dos carros em redor, carrancudas, cansadas, juro por Deus que têm pior aspecto do que eu...raios partam, que o sinal não muda! Na verdade é-me indiferente, não tenho ninguém à minha espera, é só mudar da solidão do carro para a solidão de casa. E em casa a solidão dos quartos vazios e ainda a solidão de jantar sozinha. Ligo, não ligo a televisão? é-me indiferente, nunca liguei muito a televisão, mas às vezes ligo, só para ouvir vozes...estou no fim da linha, para mim, o sinal vermelho não muda mais de cor!


quinta-feira, 9 de abril de 2015

Mobiling...



Toda a gente já conhece o famoso IC 19... hei-lo, a vivo e a cores...o que o safou hoje foi o céu que estava um arraso. E se puserem os óculos e olharem com muita atenção para uma montanha lá mesmo ao fundinho, conseguem ver a silhueta do Palácio da Pena...

terça-feira, 7 de abril de 2015

Parabéns filha...



INÊS - 23 ANOS

Hoje é um dia muito especial e emocionante para mim! 1º porque faz anos a minha primogénita e sempre que é o dia do aniversário das minhas filhas eu fico nostálgica e passo o dia em flashbak, a lembrar-me de todos os pormenores do dia em que o milagre aconteceu, o que me enche de fortes emoções e de sensações de alegria que provavelmente serão eternas. 
Este ano, a este conjunto de emoções, junta-se uma recente recordação muito triste, a morte da madrinha da Inês, que está com ela na fotografia. quero que seja recordada pelos bons momentos que passámos juntas, mas a coisa ainda só tem um mês, é ainda muito recente e o meu coração ainda sofre muito com isso...Uma amizade que vem da adolescência, do tempo dos escuteiros.
Mas a vida não se compadece e há que seguir em frente...a minha filha nem sequer cá está para eu a repenicar toda com beijos e ela fugir de mim sete pés :) aproveitem bem para encherem os vossos filhos de mimos enquanto eles ainda são pequenos...;)

domingo, 5 de abril de 2015

O Espírito do Amor...





Para os crentes, para os não crentes, os meus desejos de uma Páscoa Feliz...que a simplicidade desta cruz vos toque da maneira que me tocou a mim. Desejo.vos ainda muita paz, amor e saúde. 
heart emoticon

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Abandono...



Era a casa mais bonita da rua, ficava lá bem no cimo, antes de se virar à esquerda, para Belas. Era o orgulho de quem lá vivia. Os donos, em chegando a idade, foram para a Terra e a cal das paredes começou a cair e a deixar aparecer o cimento aqui e ali. Os filhos não quiseram "enterrar" ali as suas poupanças, pois sabia-se lá, ao fim e ao cabo, para quem ficaria o imóvel e depois os pais ainda estavam bem vivinhos da silva...nã, deixa andar que em morrendo os velhotes, depois logo se verá...

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Vida...


Eu sei que não é perfeita, mas em tempos, já foi. A vida muda, as pessoas mudam, as coisas mudam.
Os nossos corpos transformam-se, os rostos alteram, surge uma ruga de expressão, depois outra mais constante e exteriormente muitas vezes deixamos de nos reconhecer. Mas as flores continuam a desabrochar na Primavera, os sorrisos permanecem, os abraços continuam a unir quem se ama, a música continua a fazer-nos vibrar, emocionar.encontramos velhos amigos do Liceu, passados 30 anos e relembramos histórias daqueles tempos e voltamos a ser adolescentes e a idade não faz sentido. 
Com todo o sofrimento que é inerente ao acto de viver, podemos ser felizes com as pequenas coisa que fazem com que valha a pena. 
O nosso exterior é só o papel de embrulho, o invólucro, o efémero...


sábado, 28 de março de 2015

Anoitecer com estilo...



A rua é a minha casa, as minhas roupas, os farrapos de outrora, mas tenho o meu trono estufado, é só meu e é lindo de morrer. quando o estômago dá sinal pego no meu livro e sento-me  majestosamente, encosto-me confortavelmente e sou a princesa da minha casa de papelão. construí um conto de fadas porque me esqueci de tudo o que ficou para traz!  Mas os livros fazem-me tanta companhia e às vezes, de dentro deles, saem pessoas que povoam o meu cantinho e riem e choram comigo. Às vezes também me lembro da minha cadela e fico triste , com o coração apertado...morro de saudades do seu amor incondicional, mas depois deixo-me dormir no meu cadeirão de princesa...

sexta-feira, 27 de março de 2015

Miguel e Simão


Aqui estão os dois primos com cinco dias de diferença, há 3 ou 4 anos atrás. ainda acham que o simão parece mais velho...hum...acho que não!

E viva o Benfica, Claro;)

quinta-feira, 26 de março de 2015

Parabéns Simão



17 ANOS

O meu Simão já tem 17 anos!!!...estou 'belha'. Este sobrinho é também meu afilhado e eu gosto tanto dele...ele sabe. É doce, meigo, gentil e eu derreto-me toda com este sorriso simpático e com estes olhinhos verdes! acho que sou mesmo uma tia muito babada, não?... ;)


segunda-feira, 23 de março de 2015

Vermelho Primavera



Se não houvesse o vermelho como poderia lembrar-me das ondas de calor morno que brotam da terra e dos corpos que adormecem juntos? Vermelho é sempre paixão e Primavera paixão é, ainda que traga alguns dias carrancudos e mais acinzentados, emana sempre o cheiro da paixão, às vezes secreta e ainda mais quente e mais ondulada desassossegada... ah perdição!
A Primavera nasce da terra, da terra seca, sequiosa de cores, das flores que dela brotam. flores vermelhas, fecundas, rosa, timidez desmaio desejo de correr descalça, pisando a relva fresca, rindo sem roupa, alimentando o corpo nu com as areias mais quentes, molhando a pele com as primeiras chuvas que levantam do chão o inebriante cheiro a terra molhada. Trago debaixo da minha pele o pulsar, a fecundidade da Primavera. 

sábado, 21 de março de 2015

Parabéns Miguel



- 17 ANOS -

Começa a ser difícil não me repetir quando falo dos meus sobrinhos... Parabéns Miguel pelos teus 17 anos de vida, por seres tão querido e nos proporcionares momentos de boa disposição. a tia gosta muito de ti, já sabes... 1 grande beijinho

sexta-feira, 20 de março de 2015

O MEU PAI...





O MEU PAI é o meu herói, ensinou-me a ser perseverante, responsável, séria, grata e acima de tudo, humilde. O meu pai tem um coração de ouro, sorriso rasgado e uma boa disposição contagiante. Podia estar aqui toda a noite a inúmerar as qualidades do meu pai...mas ele não ia gostar. Eu amo o meu pai e o meu pai ama os seus 4 filhos, mais do que tudo nesta vida.

TENHO MUITO ORGULHO EM SER SUA FILHA, PAI


terça-feira, 17 de março de 2015

Não há dia...



 
... em que o meu coração não nasça e não se ponha para ti...